Andreani Design

Sempre dispostos a aprender e procurar novos desafios.

Da Ferrari a Beneteau

Pierangelo Andreani começou sua carreira como designer durante o período extremamente criativo dos anos 80, na Pininfarina (firma italiana de consultoria em design de automóveis, contratada por diversas empresas, entre as quais, a Ferrari), no coração do centro de design conhecido da época, e participou da criação da Ferrari Mondial 8. Encarregado do design do Grupo De Tomaso, ele também contribuiu para a concepção do Maserati Biturbo e a moto  Guzzi Le Mans 850. Independente dos últimos 30 anos, a sua paixão pela beleza pode ser vista no projeto de interiores de vários barcos Beneteau nos quais tem trabalhado desde 2005. 

Pierangelo Andreani: no final dos meus estudos, o meu sonho era entrar na Pininfarina e projetar um carro lá. Meu sonho se tornou realidade e eu trabalhei em vários projetos de carros. Na época em que não existia computador, muito menos um software sofisticado nem muito dinheiro, mesmo assim, nós éramos despreocupados e nosso entusiasmo era tal que transformou esta aventura em uma experiência incrível. 

 

 

Pierangelo Andreani

Carros, bicicletas, scooters e barcos; o designer estava completamente envolvido em cada novo projeto! O desafio era conectar sonhos com a realidade. Para isso, é preciso ter um bom conhecimento dos materiais e processos industriais.  O bom trabalho busca o melhor design, combinado a uma ergonomia perfeita. A regra é encontrar uma solução que se adapte à industrialização, mantendo em mente sempre a idéia original. Pierangelo Andreani sabe expressar a emoção inicial dos primeiros desenhos até o produto final.

Guzzi moto le mans 1980

A primeira colaboração com a Beneteau foi em 2005. O desafio era criar uma nova categoria de barcos esportivos de cruzeiro entre 34 e 50 pés (atualmente a faixa do Gran Turismo). Para rivalizar com os concorrentes italianos e ingleses, o projeto teve de ser atípico mas, ao mesmo tempo, convencional. Recentemente Pierangelo Andreani projetou os interiores do Swift Trawler 30, do Gran Turismo 46 e do Oceanis 62 - o seu primeiro barco à vela para a Beneteau.

Pierangelo Andreani: Eu realmente gostei de trabalhar no Swift Trawler 30. Foi um projeto com muitas restrições! Tamanho, custos, restrições de produção; tudo isso é altamente estimulante para mim que não gosto de trabalho fácil! Hoje, estou particularmente orgulhoso com o resultado, que não teria sido alcançado sem o enorme envolvimento das equipes Beneteau. Este projeto foi um grande desafio para todos e é fruto de um incrível trabalho em equipe.

Oceanis Yacht 62

Conceptions